quarta-feira, 21 de maio de 2008

Blá blá, blá blá


Já vi que o que vais dizer não me agrada. Blá blá, blá blá.
O pior é que já sei do que vais falar. Blá blá, blá blá.
Já sei…
Vais falar da meteorologia, do preço dos combustíveis, do tempo todo ocupado, dos problemas com ela – a namorada, com ele – o melhor amigo…
Vais contar-me o que compraste para oferecer à X que faz anos por estes dias, ao Y que te ajudou a ultrapassar uma fase difícil e que fez anos um dia destes, mas tu não sabias a data e não lhe deste os parabéns a sério.
Vais ainda dizer-me como vai ser a próxima saída, quem vai contigo, onde vão passear…
Já sei…
E eu?
Posso contar-te mais uma vez uma discussão qualquer (provavelmente sobre escola)?
Posso dizer-te o que se passou no meu dia de anormal, o que tomei ao pequeno-almoço, o que lanchei?
Posso sonhar acordada e contar-te tudinho?
Posso fazer mistério com a roupa que vou levar vestida? Para acabarmos rindo acerca da tua camisola preferida…
Posso atentar-te com a cor das minhas sapatilhas novas?
Posso acalmar-te acerca das discussões que tiveste, das desilusões por que passaste?
Acrescentar que gosto de ti, que és meu amigo…
E tu?
Tu vais dizer que também gostas de mim, que é óbvio que também és meu amigo…
Mas eu nunca apareço nas tuas contas. Nem nunca faço parte do teu baralho. Eu sou o teu diário sem chave, com olhos e com boca… Mas, sobretudo com ouvidos.
E eu não, eu não estou triste, não acho que é pouco, não me arrependo de te ouvir, não me arrependo de me rir contigo, de falar de disparates, de me revelar… Não me arrependo de sermos amigos, sabes?
Absorvo o que me contas embora reaja como tu esperas que eu reaja, acho eu. É, não é?
Vamos tornar a rir-nos e falar das minhas memórias. Por agora é tudo…
Amanhã vais começar de novo: blá blá, blá blá…

4 comentários:

paddy disse...

Há vários tipos de amigos. Uns para umas coisas, outros pra outras, uns com que nos rimos mais, outros que nos ouvem até ao fim...

Beijinho*

Oxyder disse...

pois.. é estranho.. mas concordo com a paddy =P

acaba quase por parecer ingrato.. mas não é.. é sinal que confia em ti..

bjs**

Miguel F. Carvalho disse...

a amizade também é isso... estar sem estar...

Pipe Shadow disse...

Existem alturas em que mesmo quase tudo, não chega...

bjs